Vai disputar as Eleições 2020? Fique por dentro das principais datas e prazos

Tribunal Superior Eleitoral (TSE) já aprovou o calendário das eleições municipais de 2020.
O primeiro turno acontecerá em 4 de outubro, e o segundo turno, em 25 de outubro.
No ano que vem, os eleitores irão às urnas para escolher prefeitos, vice-prefeitos e vereadores.
Veja abaixo algumas das datas previstas no calendário.

Calendário Eleitoral 2020

Data Evento
01/01 Entidades ou empresas que fazem pesquisas relativas às eleições ou a possíveis candidatos ficam obrigadas a registrar as informações no Sistema de Registro de Pesquisas Eleitorais até 5 dias antes da divulgação
01/01 Fica proibida a distribuição gratuita de bens, valores ou benefícios por parte da administração pública, exceto nos casos de calamidade pública, de estado de emergência ou de programas sociais autorizados em lei e já em execução orçamentária no exercício anterior
01/04 TSE passa a veicular no rádio e na TV propagandas institucionais para incentivar a participação feminina, de jovens e da comunidade negra na política
04/04 Limite para os partidos interessados em disputar a eleição terem os registros aprovados pelo TSE
15/05 Pré-candidatos poderão fazer arrecadação prévia de recursos na modalidade de financiamento coletivo
04/07 Fica proibida a contratação de shows artísticos pagos com recursos públicos na realização de inaugurações
20/07 Fica permitida a realização de convenções para escolha de coligações e candidatos a prefeito, vice-prefeito e a vereador
20/07 Último dia para a Justiça Eleitoral divulgar os limites de gastos para cada cargo em disputa
05/08 Último dia para as convenções destinadas à escolha das coligações e dos candidatos a prefeito, vice-prefeito e a vereador
15/08 Último dia para partidos e coligações apresentarem à Justiça Eleitoral o requerimento de registro dos candidatos
16/08 Data a partir da qual será permitida a propaganda eleitoral, inclusive na internet
19/09 Data a partir da qual nenhum candidato poderá ser detido ou preso, salvo em flagrante delito
24/09 Último dia para o eleitor requerer a segunda via do título dentro do domicílio eleitoral
29/09 Data a partir da qual nenhum eleitor poderá ser preso ou detido, salvo em flagrante delito ou em virtude de sentença criminal condenatória por crime inafiançável
1°/10 Último dia para divulgação da propaganda eleitoral gratuita no rádio e na TV relativa ao primeiro turno
1°/10 Último dia para a realização de debate no rádio e na TV
04/10 Primeiro turno
23/10 Último dia para divulgação da propaganda eleitoral gratuita no rádio e na TV
23/10 Último dia para realização de debate no rádio e na TV
25/10 Segundo turno

As 3 principais tendências de marketing político em 2020

O marketing digital vem mudando o cotidiano da sociedade, e no meio político não é diferente. É por isso que muitos analistas defendem o Marketing Digital Político, simplesmente porque cada vez mais os meios digitais se tornaram uma importante ferramenta de comunicação e relacionamento de políticos e eleitores.

A visibilidade e proximidade alcançadas com as plataformas digitais dificilmente se igualam a outros canais. É por isso que os políticos estão cada vez mais preocupados com a estratégia digital. O marketing digital político vai muito além da promoção de candidatos, partidos e plataformas eleitorais na Internet.

Veja as 3 principais tendências de marketing político em 2020

  • Ganhar confiança

É importante que os candidatos busquem um espaço nas redes sociais para gerar interação onde os usuários que os acompanha e se identifiquem com as postagens. As pessoas não estão cansadas de política, mas de políticos. Por esse motivo, o conteúdo de mídia social deve representar os interesses da comunidade, e não o interesse do político.

  • Redes sociais que constroem confiança

É importante não ser simplesmente um diário que somente contempla o ego do político. Os usuários desejam ver histórias da vida real, sentir-se identificados com o que é postado. Vídeos curtos e ao vivo, imagens com textos e fotos da realidade cotidiana ajudam na construção da identificação. 

  • Planeje o marketing digital

É importante que, ao planejar uma campanha de marketing digital, comece dizendo não ao conteúdo comercial ou institucional. A campanha tem de vender o político, mas sem vende-lo. É preciso voltar ao básico, ao humano, pensando  nos usuários que acompanham o político e não no político e seu ego. As redes sociais dos políticos não são deles e sim dos que o acompanham.

Além disso, o marketing digital político deve fornecer espaços de comunicação diretos e funcionais. Esses espaços são importantes para os usuários, pois não apenas se sentem identificados, mas também participantes.

As coisas mais importantes na implementação do Marketing Digital Político

  • Conteúdo: O principal motivo que faz do marketing digital político uma das ferramentas mais fortes para promover um candidato é o conteúdo e a velocidade e facilidade de disseminação desse conteúdo.
  • Conheça as pessoas com quem você fala, por meio de ferramentas de análise métrica.
  • Detecte tendências, o que é falado na Internet, bem como o perfil das pessoas com quem você se relaciona na internet.
  • O objetivo do marketing digital político é acompanhar as tendências e permanecer nelas.
  • As redes sociais permitem que os candidatos tenham uma conexão direta com as pessoas. Dessa forma, ele volta a ter uma certa humanidade e consegue criar empatia.
  • No marketing eleitoral, as mensagens são mais pessoais e diretas, em vez de parecer algo mecanizado projetado para vender uma ideia.

O Marketing Político Digital é uma estratégia que veio para ficar, então comece a utilizar!

  • Defina objetivos específicos para cada plataforma.
  • Use o Big Data para saber quais tópicos são discutidos, detectar gostos e preferências em cada segmento de potenciais eleitores.
  • Definir vários perfis de público-alvo – Microtargeting.
  • Conheça os adversários e seus seguidores muito bem.
  • Crie mensagens fortes e eficazes, anexadas a uma estratégia de conteúdo alinhada aos objetivos.
  • Expanda a transmissão de mensagens.

Não tem como negar, hoje a internet é tão essencial às campanhas eleitorais, quanto ao período pré-eleitoral e no dia a dia do político e sua equipe de trabalho. E pensando nisso o Sistema Gabinete360 vem se desenvolvendo com tecnologia de ponta, para facilitar o relacionamento do cidadão com o político.

Assinando o Gabinete360, você terá ao seu dispor o mais poderoso sistema para gestão de gabinete político do mercado, indispensável para que você possa tornar o seu gabinete mais eficiente, tomar suas melhores decisões e conquistar mais eleitores.

Acesse: https://www.gabinete360.com.br

Open chat
Precisa de ajuda?
Olá, como podemos te ajudar?